No Brasil, a população de cães cresce cerca de 4% ao ano, já a de gatos mais de 8%, tendo assim a quarta maior nação do mundo na população total de animais de estimação e a segunda em cães e gatos, com mais de 37,1 milhões de cães e 21,3 milhões de gatos.

Com a população em crescimento constante, cresce também o numero de animais errantes, abandono, atropelamentos, maus-tratos, proliferação de diversas doenças e aumento no número de ataques causados por animais.

A esterilização/castração é a única medida eficaz no controle da superpopulação de cães e gatos.

Nas fêmeas é realizada a ovariosalpingohisterectomia, ou seja, a retirada cirúrgica dos ovários, tubas uterinas e útero. Nos machos é realizada a orquiectomia, ou seja, a retirada cirúrgica dos testículos.

animais_castracao_cao_gato

Vantagens da Esterilização/Castração de cães e gatos.

 FÊMEAS:

  • Evita o surgimento de piometra (infecção uterina).
  • Evita Pseudociese “gravidez psicológica”.
  • Ausência de ninhadas indesejáveis.
  • Ausência do cio.
  • Diminuição do risco de tumores de mama.

 

MACHOS:

  • Evita brigas por disputa territorial.
  • Evita/diminui demarcação com urina.
  • Previne tumores de próstata e testiculares.

 

PARA AMBOS:

  • Aumenta a expectativa de vida e diminui os riscos de doenças.
  • Evita a “continuidade” de doenças hereditárias.
  • Evita fugas.
  • Evita o risco de doenças sexualmente transmissíveis.

 

Consequências da castração.

  • Em cães aumenta em 2 vezes o risco de obesidade pela diminuição das necessidades energéticas e o aumento do consumo de alimentos após a castração.
  • Em gatos aumenta a predisposição de doenças do trato urinário inferior como as urolitíases.

 

Em resumo, a esterilização/castração além de ser a forma mais eficaz de controle da população de cães e gatos, aumenta a expectativa de vida, previne doenças, garante o bem estar dos animais e facilita a interação homem-animal.

 

castracao_evita_abandono