Nos primeiros dias de vida, os filhotes de cães e gatos devem se alimentar exclusivamente do leite materno, que contém todos os nutrientes necessários para essa fase, além dos anticorpos que serão transmitidos pelo colostro nas primeiras horas de vida.

 

Depois de 25 a 30 dias de vida, iniciaremos a fase do desmame, que corresponde ao período no qual substituímos gradativamente a alimentação do filhote do leite materno para o alimento seco. Nessa idade, os filhotes já estão espertinhos, e os dentes começam a nascer. Por isso, causam desconforto na mãe ao amamentar. Por essa razão, seu comportamento natural é distanciar-se um pouco.

 

 

Para iniciar a fase de desmame, deverá ser oferecido aos filhotes um alimento seco no mínimo três vezes ao dia. Para facilitar a transição, podemos reidratar o alimento, o que irá permitir a formação de uma papinha a ser disponibilizada aos filhotes. Nesse período, o animal ainda irá consumir o leite materno.

 

A partir da quinta semana de vida, é provável que os bebês já estejam habituados à alimentação comercial, e, então, poderemos concluir o desmame. É importante lembrar que não devemos retirar de uma vez todos os filhotes da mãe, mas fazê-lo de forma gradativa, deixando com que o animal se acostume à ausência dos filhotes.